O que é poliamor?

poliamor

Poliamor é uma palavra relativamente nova. Tem origem no prefixo grego “poli-” (muitos, varios, abundantes) e a palavra amor. Literalmente significa “muitos amores”.

Assim como na matemática encontramos o nome “polígono” para se referir a formas geométricas delimitadas por linhas retas (triângulo, quadrado, pentágono, etc …) esse neologismo serve para definir os relacionamentos sexoafetivos que envolvem simultaneamente várias pessoas, com o consentimento e conhecimento de todos seus membros. Curiosamente, alguns desses relacionamentos tem também o nome geométrico. Um poliamor a quatro pessoas pode ser um quadrado.

É o mesmo que poligamia?

Não. O poliamor não deve ser confundido com poligamia. O poliamor refere-se à situação sexoafetiva das pessoas envolvidas, enquanto o termo poligamia refere-se à condição legal dessas pessoas.

A poligamia é casar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Um caso clássico é o dos muçulmanos, que, de acordo com a lei, podem ter mais de uma esposa. Na maioria dos países ocidentais, a poligamia é castigada com prisão. Poliamor e poligamia não são mutuamente exclusivos, mas não coincidem necessariamente. Há muitos relacionamentos polígamos nos quais não há amor e, felizmente, existem também relações poliamorosas, sem que seja necesário ter contraido casamento com os outros membros.

Quantas pessoas podem manter um relacionamento poliamoroso?

Não há limites. Embora o mais comum é a formação de trisais e quadrisais, teoricamente não há limitações, nem no número, nem no sexo ou género dos envolvidos, porque tudo depende dos acordos particulares entre eles.

One thought on “O que é poliamor?”

  1. Desde adolescente tenho propensão para o poliamor, sofri bastante para sufocar isso por causa dos julgamentos da sociedade que vivemos. Nas últimas semana comecei a passar com uma psicóloga que descobriu sem que eu falasse esse desejo que até eu escondia de mim mesmo, agora estou bem perdido onde encontrar informações para entender todo esse mundo que eu tentei ficar longe. Preciso entrar em contato com meu eu, e o poliamor faz parte dele. Desde já, agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *